Minhas metas de 2017

Tá permitido fazer post de metas do ano depois que passou janeiro 😂? Tá sim! Fazer esse tipo de post me ajuda muito a lembrar que tenho coisas a conquistar no ano. Se bem que o plano de 10 metas de 2016 foi um fiasco tão grande que eu nem quis falar sobre o que deu certo no blog. Mas resumidamente: só terminei meu curso (não fiz mais que minha obrigação hahahah). Foi tão feio que nem consegui ser mais organizada, coisa que todo ano eu consigo aprimorar. Mas como o tempo que passou não volta mais, vamos focar nas minhas metas de 2017:

1. Economizar dinheiro e conseguir um emprego

Fazer uma faculdade integral foi bom, mas dificultou com que eu saísse do curso com emprego. Tenho em mente que a crise não favoreceu muito, óbvio. Mas pra piorar, no fim de 2016 entrei em crise dos 20 anos e coloquei na cabeça que seguir na minha área (sendo biomédica) não é o que quero fazer pro resto da vida. Só que continuo tendo que procurar emprego, então por enquanto esse vai ser o caminho mesmo. Fora isso quero economizar dinheiro por motivos de: viagens e planejamento pessoal (afinal já sou uma adulta).

2. Viajar para algum lugar novo

Já faz uns 2 anos que não viajo para algum lugar diferente. Tudo por culpa da crise, mais uma vez. Fora a greve que inverteu todo o calendário letivo da minha faculdade, coisa que impediu que minhas férias batessem com as da minha família. Mas esse ano é ano de Rock in Rio, e adivinha quem já está confirmada? Euzinha de Mello! Comprei o Rock in Rio Card no ano passado, e se tudo der certo vou conhecer o Rio de Janeiro com meu mozão.

3. Voltar a praticar exercícios e fazer reeducação alimentar

Em 2015 eu fui fitness, mas daí chegou 2016 e acabou com todas as minhas conquistas 😢. Esse ano quero voltar a ter uma vida saudável, fazendo academia e comendo bonitinho. Isso não foi difícil pra mim naquela época, eu gostava bastante, principalmente depois que vi que dava resultado. Não só fisicamente, mas mentalmente. Parecia que eu sempre tinha disposição. E eu quero isso de volta!

4. Ler no mínimo 30 livros

Ano passado não consegui ler nem 20 livros por conta do tumulto do último ano da faculdade, e esse número é o meu pior em muitos anos 🙁 . Estou pra começar uma pós-graduação, mas acho que 30 livros vai ser tranquilo (já li uns 4 até agora). Não é um número alto mas sei que tenho que ter os pés no chão e saber dividir meu tempo.

5. Fazer mais letterings

Em 2015 eu mostrei minhas primeiras tentativas de letterings e acabei não falando mais disso no blog, apesar de sempre praticar. Quem me acompanha no Instagram vê minhas artes de vez em quando. Mas esse ano quero melhorar essa habilidade, que também é um hobbie muito desestressante pra mim.

6. Postar vídeos no Youtube

Ok, esse item já esteve nas minhas metas dos últimos, sei lá, 3 anos? É uma das únicas coisas que tenho dificuldade, já que não basta só ter vontade. Eu, por exemplo, moro no centro da minha cidade e minha câmera captaria muitos ruídos sem um microfone. E quando anoitece e fica calmo fica difícil porque não tenho equipamentos de iluminação. Sei que não deveria esperar ter as melhores condições, mas pra mim isso faz uma enorme diferença nos vídeos. Fora que acho que sou mais de escrever, mas explorar novos territórios também pode ser legal.

E quais são as metas de vocês? Se tiver post, deixe nos comentários que eu adoraria ler 🙂

2 thoughts on “Minhas metas para 2017”

  1. Viajar e fazer vídeos também estão nas minhas metas desde sempre! No meu caso, além de dinheiro falta tempo também, e sei que esse ano (o último da faculdade) vai ser absolutamente impossível. Na verdade, só manter o blog minimamente atualizado já tem sido um desafio. Mas espero que você consiga cumprir todas as suas metas. ❤️

  2. Me identifiquei com quase toda a sua lista Cris! Preciso ler mais, não 30, mas pelo menos uns 5 livros por ano rs. Também quero viajar, mas minha vontade é conhecer outro país e pra isso, infelizmente precisamos de grana…

    Nossa eu nem sabia o que era Lettering, sua escrita/desenho é linda! A penúltima (Welcome to New York) foi a que eu mais gostei!

Deixe uma resposta